domingo, 21 de janeiro de 2018

Autismo e Síndrome de Asperger em Adultos

Boa noite!

Talvez você tenha chego a este post e esteja se perguntando: será que sou autista?


Talvez você tenha lido algo sobre autismo, ou visto num programa de TV, e ache que o autismo descreva como você se sente ou algumas de suas experiências já vividas.



É comum que muitas pessoas passem boa parte de suas vidas SEM um diagnóstico de autismo, e sentem como se não se "encaixassem" no mundo das outras pessoas.

Pela minha experiência de mais de dez anos fazendo avaliação de adultos com suspeita de Aautismo leve - antiga Síndrome de Asperger - muitas destas pessoas aprendem a "lidar" com a vida do seu jeito, apesar que às vezes isso possa ser difícil e traga algum sofrimento.

Resultado de imagem para pessoas conversando
Você pode ser casado ou ter um relacionamento amoroso, ter filhos e uma carreira de sucesso. Outros sentem-se mais isolados e têm mais dificuldades em diversos aspectos. 

Se você está questionando se pode ter autismo (mesmo que de uma forma muito leve), cabe a você decidir se deseja fazer uma avaliação com profissional especializado. Caso haja confirmação diagnóstica, isso pode de alguma forma lhe trazer alívio (você vai se entender melhor e se culpar menos!!!), bem como às pessoas que convivem com você.

O diagnóstico costuma ser breve (4 a 5 sessões são suficientes), onde são aplicados testes ESPECÍFICOS para autismo em adultos.

Você pode aprender a lidar melhor com suas dificuldades, bem como fortalecer as características positivas que você já possui.

As principais características de adultos com Autismo Leve - Síndrome de Asperger, são:

- pouca vontade de interagir com as pessoas, ou

- querer ter amigos mas não conseguir,

- ter dificuldade de ter um relacionamento amoroso,

- problemas de convivência no trabalho/faculdade,

- ser rude muitas vezes mesmo não sendo sua intenção,

- achar que tem pouca empatia,

- inteligência dentro da normalidade,

- sabe falar mas não gosta muito de conversar (responde o que é perguntado).

Se você acha que pode ter Autismo leve (Síndrome de Asperger), procure um profissional capacitado para fazer uma avaliação!

Grande abraço,

Gisele.

Um comentário: